Apreensão do carro: Quando é permitido?

A apreensão do veículo é uma situação que gera muitos problemas para o motorista, afinal, os custos do reboque e da diária do automóvel em um depósito são custeados pelo proprietário. Além disso, o mesmo só pode rever o carro quando a situação pela qual ele teve o veículo apreendido for solucionada. Para não passar por esse problema, é válido saber o que pode levar o seu veículo a ser apreendido e evitar essas circunstâncias.

Há alguns anos atrás, a principal causa que levava os motoristas a terem o seu veículo apreendido era estar com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) atrasado.

Mas esse sistema de cobrança passou por mudanças e essa situação não acarreta mais na apreensão do veículo. Portanto, quem não cumprir com o IPVA 2020 dentro do prazo, precisa saber que será abuso da administração proceder com a apreensão.

Agora que você já sabe que o IPVA atrasado não vai acabar em apreensão, vamos conhecer os motivos que podem levar a esse fim. Veja alguns exemplos:

CNH vencida

Se você deixar de cumprir com o IPVA 2020 SPnão terá mais o seu veículo apreendido pelos agentes de trânsito, mas existem outras situações que acarretam nessa penalidade.

Quem circula com a CNH vencida por mais de 30 dias, terá o seu veículo retido pelos agentes em questão. A retenção do veículo é um medida provisória que pode ser suspensa quando a ocorrência é solucionada.

Entretanto, quando o acontecido não pode ser revolvido no próprio local, a medida pode acabar avançando para a apreensão desse veículo.

Dirigir sob influência de álcool

Uma outra infração para esse tipo de penalidade é conduzir um veículo sob influência de álcool. Isso quando é comprovado através do teste do bafômetro.

Essa atividade é considerada uma infração de teor gravíssimo já que estará colocando em risco a vida de outras pessoas. Também existe a cobrança de multa para quem comete o ato.

Recusa do teste do bafômetro

Como mencionado acima, o veículo é apreendido quando é comprovado que o motorista está dirigindo sob o efeito de álcool, mas o mesmo pode se recusar a fazer o teste do bafômetro.

Mas a recusa faz com que o individuo seja levado a uma unidade responsável e o carro precise ficar em retenção até o que caso seja solucionado.

Conduzir o veículo de forma perigosa

Se o motorista de um veículo for flagrado conduzindo o mesmo de forma perigosa, ou seja, não respeitando as leis de trânsito ou ameaçando a vida dos pedestres, a apreensão do veículo pode acontecer.

Em sua maioria, as regras de apreensão e retenção do veículo são aplicadas quando o veículo passa a influenciar negativamente a vida de outras pessoas.

Darryl Price